1591

Câmara Municipal de Canudos

Pular para o conteúdo

Antônio Conselheiro será incluído no Livro dos Heróis e Heroínas da Pátria

Fonte: www12.senado.leg.br/noticias
15/05/2019 às 13h18

Noticia

Galeria com imagens e vídeos sobre a matéria

Foi sancionada no dia 13 de Maio de 2019 a Lei nº 13.829, que inclui o nome de Antônio Vicente Mendes Maciel, o Antônio Conselheiro, no Livro dos Heróis e Heroínas da Pátria. A lei é oriunda do Projeto de Lei da Câmara nº 185/2017, da Deputada Federal Luizianne Lins (PT-CE), e entra em vigor imediatamente.

Antônio Conselheiro é visto como símbolo da liderança social na comunidade de Canudos no interior da Bahia, que incomodou os republicanos da época. Conselheiro morreu dias antes do fim da chamada Guerra de Canudos, em 5 de outubro de 1897. Parte da sua história é contada no clássico da literatura Os Sertões, de Euclides da Cunha, de 1902.

O Panteão da Pátria e da Liberdade Tancredo Neves é um memorial cívico fúnebre para homenagear pessoas brasileiras que, de algum modo, serviram para a maturidade e engrandecimento da Nação Brasileira. Neste memorial os nomes dos homenageados constam no "Livro de Aço", também chamado "Livro dos Heróis e Heroínas da Pátria", o qual lhes confere o status de "herói nacional". O tomo se encontra no terceiro pavimento, entre o Painel da inconfidência, escultura em homenagem aos mártires do levante mineiro oitocentista e o vitral de Marianne Peretti, na Praça dos Três Poderes, em Brasília-DF. Toda vez que um novo nome é gravado em suas laudas de metal juntamente com sua respectiva biografia, uma cerimônia in memoriam ao homenageado é realizada.